Textos


UMA CASA Á BEIRA MAR
 
Diante de uma paisagem de  sonhos ,um velho,mas,ainda belo senhor contempla o mar.
- "Que pena"diz e quase ao mesmo tempo sofre  um colapso  e se queda vegetando.Por isso ,seus três filhos dispersos  se reuniram nesta casa á beira mar  no sul da França,quase em frente á Córsega,onde foram criados   afim de cuidar do pai.Assim os irmãos Armand,Joseph e Angèle ,relembram fatos do passado, falam do futuro da propriedade e dos seus sonhos perdidos no tempo e as poucas perspectivas para o futuro.Os irmãos são contra o lucro desenfreado e resistem em vender a casa.Dois deles vivem da Arte e  seus corações ,de esquerda  se voltam para os valores cultivados por seus pais.
Joseph, um ativo membro da esquerda,filósofo tentando ser escritor trás sua jovem namorada,Bérangère,neste momento um pouco desencantada com ele.O inevitável choque de gerações.
Os jovens, Bérangère,advogada e o jovem médico ,Yvan  têm seus próprios ideais de riqueza e ambos abraçam a tecnologia vivendo conectados a seus celulares num novo mundo só deles.Mas,a inesperada chegada de crianças refugiadas fazem todos mudarem seus pensamentos e se adequarem ás suas realidades,além de buscarem a solidariedade e abrirem seus corações para uma nova forma de viver.,trazendo ,ao mesmo tempo,vida á velha casa  ,espantando a morte.
A cena final é encantadora e nos faz sair do cinema de bem com o mundo.
 
 
Miriam de Sales Oliveira
Enviado por Miriam de Sales Oliveira em 19/07/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários


Imagem de cabeçalho: inoc/flickr